O propósito da marca é um meio e não um fim

Quando estamos imersos em nossas marcas, é comum se apegar a algumas premissas que encontramos por aí. Aperfeiçoar a imagem, os serviços e a entrega dos negócios é importante, assim como adquirir esse conhecimento. Mas o mundo encantado do branding prega muitos conceitos e, nem sempre, eles vão corresponder às vivências da sua marca. O momento em que essa ficha cai pode ser muito frustrante e isso, definitivamente, não precisa ser assim.


Nessa caminhada pelo marketing consciente, tenho buscado levar novas perspectivas para quem guia de perto a sua empresa. Vejo muitas pessoas aflitas por não sentirem ter encontrado o propósito da sua marca, por exemplo. Esse é um ponto importante que vale a pena trazer para a nossa conversa. 


Muitas vezes, a ideia que temos é de que esse propósito é essencial ou definitivo para começar alguma coisa e não é bem assim. O propósito de uma marca é muito mais sobre buscas do que sobre respostas. Ele é sobre o processo de se conhecer, dentro de cada desafio diário. O propósito não é só uma frase bonita para colocar na bio, ele vai além. 


Gosto de pensar que “prestar atenção é mais importante do que chamar atenção”. E dentro desse papo, o propósito de marca pode aparecer com a simples motivação de chamar a atenção e, essa, deve ser a consequência e não o combustível para realizar qualquer coisa. 



A sensação de chamar a atenção nas redes sociais, de fato, é boa. No entanto, é limitante na mesma medida. Porque no fim das contas, a resposta positiva por chamar a atenção seria um retorno em forma de números e eles nem sempre traduzem sucesso, certo?


Já o “prestar a atenção” levanta um outro cenário. Uma marca atenta sabe o que dizer aos seus seguidores. Você presta atenção ao que o seu público precisa, segue e valoriza? Você presta atenção em suas dúvidas e em como interage com os outros? 


E, para além do seu público, como você vê as outras marcas? Apenas como concorrentes ou como colaboradores? A sua atenção está no que os outros perfis comunicam ou na quantidade de comentários e curtidas que a publicação gerou?


Todas essas respostas podem te ajudar a entender melhor como a sua marca pode se posicionar mas, principalmente, tirar esse peso de que o seu propósito precisa ser de brilhar os olhos e estar definido aqui e agora. Dar atenção ao que importa e se inspirar em outras marcas vai mudar completamento o seu processo criativo. O segredo está apenas em mudar o foco. Se sentir realizado criativamente é ainda mais gratificante do que chamar atenção, pois é esse o caminho para encontrar o verdadeiro propósito da sua marca.



33 visualizações0 comentário

O que você tem em mente?

© 2020. Criado por Sue Coutinho.